quinta-feira, 20 de abril de 2017

Procissão do Fogaréu agora incluída no calendário oficial de Bacabal


O vereador e líder da bancada do PMDB na Câmara de Vereadores Bacabal, Egídio Amaral, apresentou requerimento na sessão ordinária nesta quarta-feira, 19, solicitando a inclusão da Procissão do Fogaréu em Bacabal no calendário oficial do município. O requerimento foi aprovado por unanimidade. Na oportunidade, o vereador Egídio Amaral, propôs juntamente com todos os vereadores presentes a inclusão deste grandioso evento cristão no calendário oficial de Bacabal.

“O Fogaréu em Bacabal se tornou um evento muito grandioso, que retrata a vida e a morte de Jesus Cristo nesta Terra, por isso, particularmente quero aqui sempre está a disposição da Equipe para trabalharmos ainda mais para que esse evento se torne à cada ano um sucesso. destaca o Egídio.

A Procissão do Fogaréu foi realizada pela primeira vez no Brasil no estado de Goiás pelo padre espanhol Perestelo de Vasconcelos, em meados do século XVIII.

A indumentária utilizada pelos penitentes caracteriza-se por uma túnica comprida e por um longo capuz cônico e pontiagudo, guardando fortes semelhanças com as vestimentas que ainda hoje são comuns nas celebrações da Semana Santa na Espanha.

Trata-se, com efeito, de um traje de origem medieval, o qual era costumeiramente utilizado por penitentes que assim podiam expiar seus pecados sem ter que revelar publicamente sua identidade.

No Maranhão existe somente dois município que aderem a Procissão do Fogaréu, à cidade de Caxias e agora há mais de três anos na cidade de Bacabal. Em 2015 ano da sua abertura mais de 5000.00 (cinco mil) pessoas participaram, em 2016 mais de 10.00 (dez mil) pessoas e em 2017, mais de 12.00 (doze mil) pessoas participaram direta e indiretamente do evento.

Estamos muito felizes de termos ganhado esse presente, o requerimento de inclusão de nossa procissão no calendário oficial de nossa cidade, meu muito obrigado. destaca frei Osmar Rodrigues de Jesus, pároco de São Francisco das Chagas.

Em vídeo abaixo, o vereador, afirma a aprovação do requerimento.




0 comentários:

Postar um comentário