Participe!

Você é o nosso convidado especial!

Lembra-te do Senhor nos dias de tua mocidade!

Participe e leve consigo mais um jovem!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

RCR promove Congresso de Rádios Católicas com apoio da Comissão para a Comunicação da CNBB

As emissoras católicas de rádio poderão participar de mais um momento de crescimento conjunto apoiado pela Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). No próximo mês, acontece o I Congresso de Rádio Católica do Brasil, promovido pela Rede Católica de Rádio (RCR), nos dias 28 e 29 de março, em Aparecida (SP). A temática escolhida para o evento abordará o processo de migração das emissoras do rádio AM para a faixa de FM.
O arcebispo de Diamantina (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB, dom Darci José Nicioli, convidou, por meio de carta, os radiodifusores a participarem do congresso. Dom Darci ainda recordou o primeiro Encontro Nacional de Rádios Católicas, realizado em fevereiro do ano passado, quando foi debatido o tema “sistema de digitalização”, a partir das preocupações dos responsáveis com a novidade. “Nosso encontro foi de grande proveito para todos os participantes e agradeço aos irmãos que enviaram membros de suas rádios”, escreveu. 
O evento deste ano terá abordagem jurídica e também técnica, de acordo com dom Darci, uma vez que existem muitas dúvidas sobre o processo de migração das faixas AM para FM. “A  presença  dos responsáveis pelas rádios de propriedade da Igreja, ou a ela associadas, será de grande importância para decisões competentes, juridicamente embasadas e maior segurança de gestão”, salientou. 
Na carta, o presidente da Comissão para a Comunicação da CNBB também pede aos bispos que enviem os responsáveis pelas emissoras das Igrejas particulares para o Congresso.
As inscrições deverão ser feitas no site da Rede Católica de Rádio, com a qual dom Darci ressalta “estreita sintonia”. Durante o encontro, os participantes terão oportunidade para inteirar-se das ações da Rede. 

Com informações da CNBB.

CNBB lança Campanha da Fraternidade 2017 na quarta-feira, em Brasília

Com o tema "Fraternidade: biomas brasileiros e a defesa da vida", a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abre oficialmente, na Quarta-feira de Cinzas, dia primeiro de março, a Campanha da Fraternidade 2017 (CF 2017). O lançamento será na sede da entidade, em Brasília (DF), e será transmitido ao vivo pelas emissoras de TV de inspiração católica, a partir das 10h45.
A campanha, que tem como lema “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2.15), alerta para o cuidado da Casa Comum, de modo especial dos biomas brasileiros. Segundo o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, a proposta é dar ênfase à diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho. Para ele, a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior. “Ao meditarmos e rezarmos os biomas e as pessoas que neles vivem, sejamos conduzidos à vida nova”, afirma.
Ainda de acordo com o bispo, a CF deseja, antes de tudo, levar à admiração, para que todo o cristão seja um cultivador e guardador da obra criada. "Tocados pela magnanimidade e bondade dos biomas, seremos conduzidos à conversão, isto é, cultivar e a guardar”, salienta.
A cerimônia de lançamento contará com as presenças do arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, cardeal Sergio da Rocha, do secretário geral da Conferência, dom Leonardo Steiner, e do secretário de articulação institucional e cidadania do Ministério do Meio Ambiente, Edson Duarte.
No Brasil, a Campanha já existe há mais de 50 anos e sua abertura oficial sempre acontece na Quarta-feira de Cinzas, quando tem início a Quaresma, época na qual a Igreja convida os fiéis a experimentarem três práticas penitenciais: a oração, o jejum e a esmola.
Material
Para ajudar nas reflexões sobre a temática, são propostos subsídios, sendo o texto-base o principal. Dividido em quatro capítulos, a partir do método ver, julgar e agir, o documento faz uma abordagem dos biomas, suas características e contribuições eclesiais na defesa da vida e cultura dos povos originários de cada bioma brasileiro. Também são apresentadas considerações ecológicas sob a perspectiva de São João Paulo II, Bento XVI e o papa Francisco. Ao final, são apresentados os objetivos permanentes da Campanha, os temas anteriores e os gestos concretos previstos para esta edição, sendo o principal a Coleta Nacional de Solidariedade.
Os subsídios da CF 2017 estão disponíveis no site da editora Edições CNBB. É possível fazer o download do arquivo com todas partituras das músicas da CF 2017 e da Quaresma, entre elas o Hino Campanha, de autoria do padre José Antônio de Oliveira e Wanderson Freitas. Os interessados poderão baixar ainda o cartaz da CF e os spots de rádio, TV e internet preparados para a ocasião.

Com informações da CNBB.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Terço dos Homens promoverá Retiro de Carnaval

A Pastoral do Terço dos Homens - Paróquia São Francisco das Chagas, tem a honra em convidar você e sua comunidade para participarem do IX Retiro de Carnaval que acontecerá no dia 26/02/2017 a partir das 8:00 às 18:00hs no Centro Paroquial São Francisco das Chagas.

PROGRAMAÇÃO

08:00 – Café da manhã
08:30 – Meditação do Terço.
09:00 – Palestra (Frei Jared) – Tema: Conversão, Dom do Espírito Santo
10:30 – Lanche
10:50 – Retorno a Sala de Palestra
11:50 – Almoço
13:30 – Palestra (Frei Gilberto) – Tema: Maria Mãe de Cristo, Mãe da Igreja.
15:00 – Lanche
15:20 – Retorno a Sala de Palestra
16:00 – Encerramento da Palestra
16:05 – Momento de Animação
16:30 – Celebração Eucarística.

Sua presença será motivo de muita alegria para todos nós.

Atenciosamente,

Wagnermontes de S. Moura
Coordenador Paroquial

Paroquias realizarão III Retiro de Carnaval


As Paróquias de São Francisco das Chagas e Sant'Ana e São Joaquim realizará seu III Retiro Espiritual de Carnaval de 25/02 a 01 de março de 2017. Este ano mais de 150 jovens atuantes em suas comunidades, não somente da paróquias e até de outra cidade, irão participar.

Trabalhando paralelo à Campanha da Fraternidade e as tecnologias, o III Retiro oferecerá palestras, espiritualidade, adoração, missas, via sacra, evangelização e oficinas sobre o tema do retiro “Missionários ative o modo WiFé o desafio de estar online para Deus”, com a participação do Diácono José Antonio, Padre Sidney Ir. Ana Cristina e outros , e sob a orientação pároco Frei Osmar.

Como o momento é também de alegria e juventude pede isso, terá gincanas, animação, louvor e muitas dinâmicas. Tudo com um só propósito: servir a Cristo e se alegrar no Seu amor.

A equipe de coordenação, que tem a frente o a juventude da duas paroquias já trabalha há meses para proporcionar a estes mais de cem jovens dias de uma maravilhosa experiência com Deus. O retiro acontece neste ano na Comunidade Barraca do Açude.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Grande arrastão Levada com Cristo acontecerá neste sábado (18) em Bacabal-MA

Acontece neste sábado (18), um grande arrastão denominada “Levada com Cristo”, que sairá às 16:00hrs nas proximidades do Largo da Matriz São Francisco das Chagas, evento esse
promovido pelo Setor Franciscano da paróquia.

O arrastão tem o objetivo central, convidar e anunciar o III Retiro de Carnaval que acontece de 25 de fevereiro a 01 de março na comunidade Barraca do Açude. E sobretudo levar e anunciar a Palavra de Deus para os jovens que ainda não estão totalmente na igreja.

Para os organizadores do evento, o arrastão se caracteriza em um ato de Fé e também de comunhão com as pessoas, principalmente a juventude que está cada vez mais escarça na
igreja. “A Leva com Cristo é isso, mostrar que a igreja está em saída e mostrar que estamos cada vez mais solidários com a juventude de nossa cidade. Pois cada dia vemos, cenas horríveis que mostra nossa juventude no mudo das drogas e roubando, não queremos ver mais isso, já chega” conta Mayara Macêdo da coordenação do evento.

O pároco de São Francisco das Chagas, frei Osmar, parabeniza a organização do evento, e se mostra solidário com o Setor Franciscano da paróquia. “Nossa querida paróquia só tem a ganhar com o Setor Franciscano, sempre que puder dou meu maior apoio para juventude, pois nossa juventude tem que a cada dia anunciar a Palavra de Cristo e a necessidade do ‘sair’ do ‘ir ao encontro’ das pessoas. E eu como pároco estou muito feliz com esse evento”.

A Levada com Cristo levará a Boa-Nova de Cristo pelas principais ruas da cidade, mostrando a alegria, animação e a participação da juventude através de muita animação e muita música. O evento também contará com apresentações, orações, danças, testemunhos e teatro. Também
contará com vendas de lanche no decorrer do arrastão.

Marque na sua agenda, nesse sábado (18) Levada com Cristo concentração no Largo de São Francisco das Chagas a partir dás 16:00hrs.

REPAM leva Laudato si a Imperatriz (MA)

A Diocese de Imperatriz (MA) organizou entre os dias 10 e 12 de fevereiro o Seminário “ Os Desafios Ambientais da Amazônia ” a partir da Encíclica Laudato si do Papa Francisco, em parceria com as dioceses maranhenses de Viana, Grajaú, Carolina e Balsas . 120 lideranças indígenas, sertanejos, ribeirinhos, quilombolas, pescadores artesanais, geraizeiros, quebradeiras de coco, lavradores, pastorais sociais, sociedade civil organizada, religiosas/os, padres e bispos participaram do encontro, em Imperatriz. O Seminário foi promovido pela Comissão Episcopal para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM) e pelo Regional Nordeste 5 da CNBB .

A proposta é tecer redes e estabelecer intercâmbios entre os povos da floresta, visando debates para provocar a transformação da realidade local diante dos impactos ambientais que a Amazônia vem sofrendo, bem como seus povos. Foram tratadas questões como o desmatamento desenfreado, a concentração fundiária no Maranhão, a contaminação dos rios e as violações aos direitos humanos e da natureza, no contexto amazônico.

Em entrevista à REPAM, Padre Francisco Lima, administrador diocesano da Diocese de Imperatriz, destaca o motivo de a Igreja também se preocupar com as questões sociais que afetam a vida dos povos, sobretudo, a partir dos impactos socioambientais e a violação dos direitos humanos que é uma realidade frequente na vida do povo maranhense.

As palavras de Padre Francisco refletem também o pensamento do bispo de Balsas e Presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT), Dom Enemésio Angelo Lazzaris. Em recente entrevista concedida à RV, ele afirma que neste momento, é fundamental continuar gritando em defesa dos direitos conquistados e da nossa Casa Comum. Ouça a reportagem completa cliando acima

A Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam) foi fundada oficialmente em setembro de 2014. Abrange os nove países do bioma amazônico. No Brasil engloba nove estados brasileiros no território da Amazônia Legal. Os Seminários Laudato Sì estão sendo realizados nos seis Regionais da CNBB da Amazônia Legal desse território, dialogando as realidades locais com a encíclica do Papa Francisco. A região amazônica é um dos maiores berços de biodiversidade ecológica e cultural do planeta. A preocupação da Igreja com esta região é histórica e volta-se para o cuidado e proteção desta grande casa comum.

A partir dessas discussões os participantes publicaram a Carta Compromisso. Leia a íntegra:
"Reunidos/as em Imperatriz, às margens do rio Tocantins, nós, mulheres quebradeiras de coco, indígenas, quilombolas, lavradores/as, assentados/as, catadores/as de materiais recicláveis, geraizeiros/as, pastorais sociais, sociedade civil organizada, leigos/as, religiosas/os, padres e bispos; 120 participantes do Seminário promovido pela Comissão Episcopal para a Amazônia da CNBB, Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM) e pelo Regional Nordeste 5, nos dias 10 a 12 de fevereiro de 2017, ouvimos os clamores da terra e dos povos da nossa Amazônia. O capital, sobrepondo-se ao bem viver, envenena rios e fontes, polui o ar, a terra e as águas, escraviza nossos irmãos e irmãs, incentiva o consumismo desenfreado, destrói a natureza, marginaliza os povos tradicionais, institui a monocultura, devasta nosso bem mais valioso que é a Vida.

Refletindo à luz dos ensinamentos da Encíclica Laudato Sì do papa Francisco, nos damos conta da necessidade de unirmos forças na luta comum, apoiados nos diálogos entre as pastorais sociais e os movimentos dos povos tradicionais. Somos, em nossa maioria, os/as oprimidos/as e afetados pelos grandes empreendimentos desenvolvimentistas que privilegiam poucos. Faz-se, portanto, urgente que nos reorganizemos, principalmente, na atual conjuntura pós-golpe, com perda de direitos adquiridos e da investida do governo num projeto de morte.

O aumento da exploração mineral e a expansão do agronegócio ameaçam a vida e a natureza. O programa federal MATOPIBA, que abrange os Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, ameaça destruir 73 milhões de hectares do bioma cerrado. Esse bioma é berço das águas, de riquíssima biodiversidade e há centenas de anos abriga populações tradicionais, como indígenas, quilombolas, geraizeiros, ribeirinhos, pescadores e camponeses.

O MATOPIBA é a expressão concreta da “complexa crise socioambiental”, a que o Papa Francisco se refere na Laudato Sì (LS, 139).

Precisamos fortalecer os movimentos sociais com uma nova ordem política, social, econômica e ambiental. No Maranhão já existem muitas articulações de forças vivas: povos tradicionais, pastorais sociais e movimentos populares, entre elas a TEIA. Estas iniciativas estão em perfeita consonância com a espiritualidade e as práticas propostas pela Laudato Sì, que afirma “tudo está interligado” (LS, 117).

Não podemos nos submeter à lógica do atual sistema de desenvolvimento econômico que exige o sacrifício de populações inteiras em favor de uma minoria. Quem mais tem, acredita precisar sempre mais. Nós queremos um envolvimento que respeite os povos e seus modos de existência, que nos faça reencontrar o nosso lugar na comunidade. Precisamos superar o individualismo e o descompasso das informações.

Cabe a nós o papel de cuidar da Criação, colaborando com Deus, denunciando as práticas devastadoras das fontes da Vida, estimulando uma profunda “conversão ecológica” de toda a sociedade (LS, 217). Precisamos ter ciência de que não somos proprietários da natureza, generosamente doada para o bem viver em harmonia. Somos “peregrinos e passageiros” (LS, 67), outras gerações virão depois de nós.

Faz-se necessário retomar e fortalecer o compromisso social da nossa Igreja, em sua missão profética, cultivando sempre a espiritualidade descrita na Laudato Sì. A Encíclica do Papa “deve chegar a todos que habitam este planeta” (LS, 03).

Por fim, motivados/as pelas provocações deste Seminário e novamente iluminados/as pelos ensinamentos da Laudato Sì, assumimos o compromisso de:

• Tornar conhecida a Repam, através do fortalecimento das pastorais sociais a nível diocesano e regional;

• Articular e fortalecer as pastorais sociais, consolidando um Comitê da Repam a partir das dioceses do Sul do Maranhão, incluindo lideranças dos povos tradicionais e dos movimentos populares, com o apoio do Secretariado do Regional Nordeste 5;

• Continuar o estudo e o repasse das propostas e orientações da Laudato Sì, envolvendo as mais diversas instâncias eclesiais e movimentos populares;
Entidades presentes no Seminário:
Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz – Ascamari
Campanha da Fraternidade Imperatriz
Cáritas Regional Nordeste 5 da CNBB
Centro de Cultura Negra Negro Cosme
Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos – Carmém Bascaran
Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos – CEBI
Comissão Pastoral da Terra de Balsas
Comissão Pastoral da Terra de Imperatriz
Comitê Cidadania de Imperatriz
Comunidades Eclesiais de Base - CEBs
Conselho Indigenista Missionário - CIMI
Conselho Nacional dos Leigos do Brasil - CNLB Imperatriz
Diocese de Balsas
Diocese de Carolina
Diocese de Grajaú
Diocese de Imperatriz
Diocese de Viana
Faculdade de Educação Santa Teresinha – FEST Imperatriz
Fundação Nacional do Índio – Funai
Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis –Ibama
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio
Rede Justiça nos Trilhos
Legião de Maria
Ministério da Palavra
Movimento das Mulheres Camponesas - MMC
Movimento de Cursilhos de Imperatriz
Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu – MIQCB
Pastoral Catequética
Pastoral da Comunicação – Pascom
Pastoral da Criança
Pastoral da Juventude
Pastoral do Idoso
Pastoral Indigenista
Pastoral Social
Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Balsas
Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão – SINPROESEMMA

Com informações da Rádio Vaticano

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

DIOCESE DE BACABAL: 10 anos de posse de Dom Armando

Resultado de imagem para dom armando martin gutierrez

Há exatos 10 anos (11.02.2007), chegava à nossa cidade o atual Bispo da Diocese de Bacabal, Dom Armando.

"Nossa Paróquia São Francisco das Chagas, parabeniza nosso bispo diocesano e envia votos de felicidades e que Deus possa abençoar cada dia nosso pastor." (frei Osmar R. de Jesus, OFM, pároco)

Naquela tarde ensolarada de fevereiro, uma multidão se comprimia no ginásio da Cohab para conhecer o recém-eleito Bispo diocesano. O sol forte não afastou as pessoas do local, muito pelo contrário: os católicos aguardavam ansiosos pela chegada do seu Pastor. Quando da sua chegada, foi acolhido com grande carinho e à medida que se aproximava do local da cerimônia de posse, era saudado pela população que embora sem conhecê-lo profundamente, já o amava como um pai. Não demorou para que o Bispo nascido da Espanha se sentisse um bacabalense de coração. 

Nesses sete anos de convivência, aprendemos muito com Dom Armando. Seu jeito simples e dedicado encanta a todos que têm a oportunidade de conhecê-lo. Seu carisma nos revela a mensagem de Jesus!


BIOGRAFIA DE NOSSO PASTOR

Com o lema: “Misericórdia eu quero”, Dom Armando Martin Gutierrez, da congregação Filhos do Amor Misericordioso, foi eleito Bispo desta Diocese em 01 de Novembro de 2006 e ordenado Bispo no Santuário do Amor Misericordioso em Collevalenza, na Itália. 

Nasceu aos 16 de dezembro de 1954, em Madrid na Espanha. Freqüentou os estudos de primeiro e segundo grau no colégio Amore misericordioso, em Lujua, Espanha e os cursos de filosofia e teologia no instituto teológico marchigiano na cidade de Fermo, Itallia. Fez mestrado em teologia moral na pontifícia academia Alfonsiana de Roma.

Emitiu a primeira profissão na congregação dos filhos do amor misericordioso aos 8 de setembro de 1974 e a perpétua em 1978. Foi ordenado sacerdote aos 6 de outubro de 1979 em Spinaceto, Roma.

A partir daí exerceu os seguintes ministérios, na Itália: responsável pelo seminário menor da congregação em Collevalenza, Perugia, Itália; vice reitor da casa do clero de perugia, vice mestre dos noviços em Matrice, Campobasso, Itália.

Em 1988 veio para o Brasil, na diocese de Mogi das Cruzes (SP), e ali exerceu os encargos de: mestre dos noviços (1988-2002), professor de Ética no Seminário Diocesano e de Teologia Moral no Instituto de Filosofia e Teologia Paulo VI  (1992 -2002 ); Superior de Comunidade (1993-2002). Na diocese de Juiz de Fora foi: Mestre de Juniorado, Superior de Comunidade e Vigário paroquial (2003-2005).

Em tempo:
A celebração Eucarística de ação de graças pelos 10ª anos de Dom Armando, acontecerá neste sábado (11/02/2017) na Igreja Matriz São Francisco das Chagas coma participação de todo o povo cristão da Diocese de Bacabal.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Convite: Formação Diocesana Litúrgica

Resultado de imagem para pastoral liturgica

“É na Eucaristia que minha vida ganha sentido”

Aos longos desses meses aprendemos que para fazer liturgia é preciso primeiro conhecer para amar e só assim podermos celebrar com consciência o Mistério celebrado. Por isso, que nos veio a pensar a forma como estamos celebrando. A Equipe de Liturgia é apenas uma parte do corpo celebrante, pois todos que estão presentes na Santa Missa fazem-se parte deste Corpo Místico de Cristo.

Daí, a partir da nossa realidade da matriz, está presente os seguintes grupos: Equipe de Liturgia, Ministério de Música, Coroinhas, Ministros Extraordinário da Comunhão, Pastoral da Acolhida e PASCOM. São estes que convidamos a participar da I Etapa da Formação Liturgia da Matriz. Segue programação:

Data: 10 a 12 de fevereiro de 2012
Horário: às 18:00 com o jantar.
Local: Centro Paroquial São Francisco das Chagas
Tema: Liturgia na Catequese com inspiração Catecumenal

Com informações da Secretaria Paroquial.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Famílias de refugiados sírios encontram o Papa na Audiência Geral

Ao final da Audiência Geral desta quarta-feira (8), na Sala Paulo VI, no Vaticano, o Papa saudou seis famílias sírias católicas, com 12 crianças, que já conseguiram asilo na Áustria. O pároco da Igreja de São Roque e São Sebastião de Viena, Pe. Florian Calice, acompanhava o grupo de 30 pessoas.
Segundo o sacerdote, são pessoas que testemunham a tragédia do seu povo, mas que também são um sinal de esperança e comunicam, com todas as forças, a possibilidade de renascer. 
L’Osservatore Romano/AC

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Lançado cartaz oficial do Fogaréu 2017


Foi lançado nesta quinta-feira (02) de fevereiro em reunião com a Coordenação Geral do evento, o cartaz oficial da Procissão do Fogaréu 2017 que acontece há mais de dois anos em Bacabal (MA).

O cartaz foi idealizado pelo designer Lourival Albuquerque, coordenador da Pastoral da Comunicação - Paróquia Sant’Ana e São Joaquim, que realizou de uma forma muito simbólica em virtude do Ano Nacional Mariano que se caracteriza a imagem de Nossa Senhora como uma das protagonistas principais do evento.

O evento retrata a perseguição e prisão de Jesus Cristo, sendo uma das manifestações populares da Semana Santa, que nos prepara para Páscoa que resume o mento da história da Fé católica. O evento é apontado como um dos maiores de cunho religioso do Médio Mearim.

Neste ano, o evento acontecerá no dia 12 de abril de 2017 a partir dás 18:30hrs sempre na quarta-feira Santa, percorrendo as principais ruas da cidade e encerrando em frente ao Convento dos Frades Menores Franciscanos ao lado da Igreja Matriz São Francisco das Chagas.


A Coordenação do evento agradece de maneira especial ao Sr. Lourival Albuquerque, pela prontidão e realização do cartaz oficial da Procissão do Fogaréu 2017.