segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Cáritas repassa recursos da campanha SOS Equador

A Cáritas Brasileira realizou na terça-feira, 20, o repasse de recursos da Campanha de Solidariedade ao Equador – SOS Equador, lançada pela entidade em conjunto com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em benefício das vítimas do terremoto ocorrido no dia 16 de abril deste ano no país sul-americano. O recurso foi creditado à Cáritas Equador e vai colaborar com as ações de resposta à emergência realizadas. A ação também conta com o apoio da Pastoral Social Cáritas Equador e da Conferencia Equatoriana de Religiosos e Religiosas (CER).

Na fase inicial das ações de resposta ao terremoto, o acompanhamento psico-social e espiritual realizado pela Cáritas Equador em conjunto com a CER baseia-se em temas como resolução de conflitos, educação emocional, projeto de vida pessoal e familiar. Já na fase final das ações serão apoiadas iniciativas que contemplem projetos focados no recomeço e na reestruturação da vida das pessoas afetadas. Até o momento, foram realizadas oficinas de acompanhamento a comunidades em Pedernales, Jama, Portoviejo y Manta, privilegiando a formação de líderes comunitários que possam replicar o conhecimento junto às comunidades mais afetadas, principalmente aquelas mais distantes dos grandes centros urbanos.

Nesta perspectiva, foram trabalhados nas oficinas temas como autoestima, autoconhecimento e intervenção em situações de crise. O trabalho já foi realizado em 20 comunidades e inclui a ajuda a casos mais críticos, com apoio dos irmãos Capuchinhos. Neste processo, tem se percebido que as pessoas afetadas passaram a perceber a vida de outra maneira. “As pessoas têm se reconciliado mais. Comentam que não vão esperar que ocorra uma nova catástrofe para buscar viver bem. Os que estavam desunidos voltaram a se unir, e assim se verifica outra forma de enfrentar os medos”, aponta María José García.

Muitas das comunidades afetadas pelo terremoto já enfrentam uma histórica falta de atenção por parte do Estado, a injustiça social, a pobreza e o escasso acesso a direitos. As ações de atendimento a estas comunidades são realizadas pela Cáritas Equador com o apoio da Cáritas Noruega e do Apelo Emergencial (EA) da Caritas Internacional, para o qual se somam múltiplas ações de solidariedade de diversos membros da confederação, entre elas, a da Cáritas Brasileira. Por isso, a entidade vai manter a campanha SOS Equador e convida todos a se somarem a este gesto de solidariedade com as vítimas.  Estão convidadas a participar as dioceses, paróquias, comunidades, congregações, colégios e todas as pessoas de boa vontade. 

Os materiais preparados para a divulgação da campanha SOS Equador, entre os quais vídeos, spots de rádio, peças digitais e a carta de lançamento da CNBB podem ser acessados aqui.
Para outras informações, acesse o site da Cáritas

PASCOM com informações da Cáritas Brasileira.

0 comentários:

Postar um comentário