segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

XXIV Curso de Formação Missionária reúne participantes de várias regiões do nordeste do Brasil

Com o tema “Missão e Cooperação Missionária”, o XXIV Curso de Formação Missionária teve início no dia 15 de janeiro, na cidade de Bacabal (MA), no Centro Franciscano de Animação Missionária (Cefram). Cerca de 46 participantes, vindos das regiões de Zé Doca (MA), Bacabal (MA), São Luís (MA), Piripiri (PI), Pinheiro (MA), São Raimundo Nonato (PI), Balsas (MA), Caxias (MA), Brejo (MA), Teresina (PI) e São Paulo participaram do evento.

O animador do Conselho Missionário Regional (Comire), Matias, da diocese de Coroatá foi o responsável por ambientar os participantes no primeiro dia do curso. Na ocasião, o frei e coordenador do Cefram, Claudio Santos explicou aos alunos a importância do curso de formação missionária para a evangelização da vida e missão da igreja.

Ainda durante o encontro, os participantes foram instruídos sobre o andamento do curso, os horários das missas diárias e os deveres e responsabilidades dos grupos de trabalhos. Os alunos também aprenderam sobre as experiências missionárias e a organização da dimensão missionária da igreja no Brasil.

A missa de abertura do evento aconteceu na Igreja Matriz de São Francisco das Chagas e foi presidida pelo bispo da diocese de Bacabal e colaborador para a Missão Além-Fronteiras, dom Armando Martín Gutiérrez e concelebrada pelo Ministro Provincial dos Franciscanos do Maranhão e Piauí, frei Bernardo, e pelos freis Claudio Santos, Osmar Rodrigues e pelo vigário Jaredi, participante do curso.

Curso de Formação Missionária

Promovido pelo Conselho Missionário Regional do Maranhão (COMIRE-MA) e o Centro Franciscano de Animação Missionária (CEFRAM), o curso de Formação Missionária é assessorado pelo padre Sidnei Marco Dornelas e é uma oportunidade de aprofundamento da vocação cristã e da dimensão missionária da igreja, à luz dos documentos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM). Neste sentindo, procura unir a reflexão da teoria com a prática, através de momentos de vivências grupais, experiências significativas e atividades missionárias.

Com informações e foto do Cefram

0 comentários:

Postar um comentário