quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Seminário de enfrentamento a Aids discutirá conjuntura do combate à transmissão do vírus

Dedicada ao enfrentamento da epidemia do HIV/Aids por meio de uma rede de agentes presentes em todo o território nacional, a Pastoral da Aids, ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), é uma das promotoras do XIII Seminário Nacional de Prevenção ao HIV, que inicia hoje, 2 de outubro, e prosseguirá até o próximo dia 4, em Porto Alegre (RS).
O Seminário Nacional irá avaliar continuamente as práticas em vista da qualificação dos agentes, que realizam ações de acompanhamento de portadores do vírus, no controle social das políticas públicas e na prevenção.
Outros objetivos são analisar, na perspectiva da prevenção, a atual conjuntura do enfrentamento da aids no país, debruçando-se sobre os seguintes aspectos: a experiência da medicalização; suficiência da rede de atenção; papel da rede básica; incorporação de novas tecnologias; a meta 90-90-90; papel das organizações da sociedade civil e as diversas compreensões da sexualidade. O debate proporcionará elementos para reposicionar a Pastoral em sua trajetória, especialmente no campo da prevenção.
A abertura do evento conta com a participação do diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Fábio Mesquita; representantes da Seção Estadual de DST Aids e HV do Rio Grande do Sul, Programa Municipal de DST, Aids e Hepatites Virais de POA, Fórum de Ongs Aids do RS, Pastorais Sociais/RS e Pastoral da Aids. Fábio Mesquita falará sobre as evidências da eficácia da estratégia “testar e tratar” no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário