sexta-feira, 25 de setembro de 2015

“Sede Misericordiosos” é lema da Campanha para Evangelização 2015

O auge da Campanha será a coleta realizada nas missas e celebrações do domingo, 13 de dezembro
Em sintonia com o Jubileu Extraordinário da Misericórdia, que acontecerá de 8 de dezembro deste ano até 20 de novembro de 2016, o Campanha para a Evangelização (CE) 2015 traz como lema “Sede Misericordiosos”. A iniciativa, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), completou 17 anos a serviço das atividades pastorais da Igreja. Confira os materiais da Campanha para download. 
A Campanha iniciará na Solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo e se estenderá até o terceiro domingo do Advento. É articulada pela Comissão Episcopal para a Campanha para a Evangelização da CNBB. 
Este ano, a mobilização nacional promoverá iniciativas que visam refletir com a comunidade sobre a importância da acolhida e do perdão. “Queremos, pois, destacar que Evangelização e Misericórdia são duas faces de uma mesma ‘moeda’: evangelizar é anunciar a misericórdia divina; fazer experiência dessa misericórdia é entrar no coração do Evangelho”, explica o arcebispo de Salvador e vice-presidente da CNBB, dom Murilo Krieger. 
O lema escolhido também volta-se para o tempo litúrgico do Advento, período de preparação para o Natal, e início do Jubileu da Misericórdia. “É preciso levar em conta que no dia 8 de dezembro, o papa Francisco abrirá o Ano da Misericórdia. No domingo seguinte, quando este mesmo Ano Jubilar estiver sendo aberto nas dioceses, estaremos no ponto alto da Campanha para a Evangelização” comenta o primaz do Brasil, dom Murilo. 
Frutos da Campanha
Durante esses anos, inúmeros projetos foram atendidos com os recursos das coletas da Campanha para a Evangelização. Dom Murilo destaca que essas iniciativas sociais são frutos dos trabalhos das dioceses por todo o Brasil.
 “As iniciativas mais importantes e significativas da Campanha para a Evangelização acontecem nas próprias dioceses. E isso é compreensível, já que é lá que os cristãos vivem e trabalham. A CNBB não vive para si mesma; tudo o que ela faz é em vista das dioceses, a quem procura servir”, pontua o arcebispo. 
Coleta nacional
Criada em 1998 pela CNBB, a Campanha para a Evangelização mobiliza, anualmente, as comunidades a assumirem a responsabilidade de participar na sustentação das atividades pastorais da Igreja no Brasil.  Dentre os vários serviços prestados pela CNBB, a CE constitui-se em uma atividade de evangelização às comunidades.
O ponto alto da Campanha será a coleta realizada nas missas e celebrações do domingo, 13 de dezembro.  A distribuição dos recursos é feita da seguinte forma: 45% permanecem na própria diocese; 20% são encaminhados para os regionais da CNBB; e os demais 35%, para a CNBB Nacional. As doações, em caráter individual, também podem ser feitas pelo site: www.evangelija.com.  
“A parte que vai para a CNBB Nacional é direcionada a projetos de evangelização que atingem todo o país e, também, para ajudar dioceses pobres, que precisam do apoio das demais para poderem desenvolver suas atividades evangelizadora”, pontua dom Murilo. 
Evangeli.Já
A CE tem o slogan “Evangeli.Já”, que faz referência à palavra evangelizar e mostra a urgência da evangelização e da cooperação de todos. 
“Em um mundo agitado, em que as pessoas ouvem mil propostas e são envolvidas por inúmeros desafios, a Igreja sente seu dever ser mais ágil no trabalho evangelizador. Portanto, não há na Igreja espaço para os acomodados e, menos ainda, para os indiferentes. Precisamos colocar nossa criatividade em ação, para descobrir novas maneiras de ter acesso ao coração de todos. Em outras palavras: é preciso Evangelizar Já!”, diz o arcebispo. 

0 comentários:

Postar um comentário