segunda-feira, 13 de julho de 2015

Bispos do Nordeste 5 aprovam Plano Pastoral para próximo quadriênio

Os participantes da  18ª Assembleia de Pastoral do Regional Nordeste 5 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), realizada dias 9 e 10 de julho, em Coroatá (MA), avaliaram a caminhada e aprovaram o Plano Pastoral para o período de  2015 a 2019.

Seguindo as cinco urgências das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE), foram definidas prioridades, entre elas: “comprometer–se com a defesa da vida das populações tradicionais, da juventude, periferias urbanas, enfrentado os grandes projetos da mineração e agronegócio; a partir das Santas Missões Populares, transformar radicalmente a prática religiosa e pastoral para favorecer o verdadeiro encontro pessoal e comunitário com Jesus Cristo; formar leigas,  leigos, religiosas, religiosos e clero de modo a favorecer o encontro pessoal com Jesus Cristo; oferecer formação bíblica; criar redes de comunidades a partir da  eclesiologia do Concílio Vaticano II, fortalecendo as CEBs  e estimulando a ministerialidade, compromisso e protagonismo dos leigos, levando em conta a evangelização do meio urbano; por meio do fortalecimento das pastorais sociais, promover a vida pessoal, familiar, comunitária e da natureza, a partir da opção preferencial pelos pobres, exigindo um modelo de estado que favoreça a promoção da vida contra tudo e todos os que a ameaçam no meio rural e urbano, combatendo o sistema de morte, principalmente em relação aos indígenas, afrodescendentes e camponeses.

A Assembleia teve como tema “Igreja do Maranhão, compromisso à luz do Concílio Vaticano II e Diretrizes Gerais da CNBB” e reuniu 13 bispos, delegados e representantes das dioceses do regional.  

O evento contou com a participação do assessor da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Justiça, Caridade e Paz da CNBB, padre Ari Antônio dos Reis, que apresentou aos participantes as DGAE 2015-2019.

O padre reconheceu que apesar de algumas dificuldades, a Igreja no estado apresentou um avanço na caminhada das 12 dioceses. Segundo ele, “esta caminhada é processual e na atual conjuntura é preciso aproveitar os ventos favoráveis para avançar e se fortalecer”.

Com informações e imagem da Pascom regional Nordeste 5

0 comentários:

Postar um comentário